Guia de Estilo C#

Ter convenções de codificação bem definidas e consistentes é importante para todos os projetos, e o Godot não é uma exceção a essa regra.

This page contains a coding style guide, which is followed by developers of and contributors to Godot itself. As such, it is mainly intended for those who want to contribute to the project, but since the conventions and guidelines mentioned in this article are those most widely adopted by the users of the language, we encourage you to do the same, especially if you do not have such a guide yet.

Nota

Este artigo não é de forma alguma um guia completo sobre como seguir as convenções de codificação padrão ou as práticas recomendadas. Se você não tiver certeza de um aspecto que não é abordado aqui, consulte a documentação mais abrangente, como C# Coding Conventions ou Framework Design Guidelines.

Language specification

Atualmente, o Godot usa o C# versão 7.0 em seu mecanismo e código-fonte de exemplo. Portanto, antes de passarmos para uma versão mais recente, é preciso ter cuidado para não misturar os recursos da linguagem disponíveis apenas no C# 7.1 ou posterior.

Para obter informações detalhadas sobre as funcionalidades do C# em diferentes versões, consulte Novidades no C#.

Formatação

General guidelines

  • Use line feed (LF) characters to break lines, not CRLF or CR.

  • Use um caractere de alimentação de linha no final de cada arquivo, exceto para arquivos csproj.

  • Use a codificação UTF-8 sem uma marca de ordem de byte <https://pt.wikipedia.org/wiki/Marca_de_ordem_de_byte>.

  • Use 4 spaces instead of tabs for indentation (which is referred to as "soft tabs").

  • Considere quebrar uma linha em várias se for mais de 100 caracteres.

Line breaks and blank lines

Para uma regra geral de recuo, siga o "estilo Allman" que recomenda colocar a chave associada a uma declaração de controle na próxima linha, recuada para a mesmo nível:

// Use this style:
if (x > 0)
{
    DoSomething();
}

// NOT this:
if (x > 0) {
    DoSomething();
}

No entanto, você pode optar por omitir quebras de linha dentro de chaves:

  • Para simples propriedades acessoras.

  • Para inicializadores de simples objeto, array ou coleção.

  • Para auto propriedade abstrata, indexador ou declarações de evento.

// You may put the brackets in a single line in following cases:
public interface MyInterface
{
    int MyProperty { get; set; }
}

public class MyClass : ParentClass
{
    public int Value
    {
        get { return 0; }
        set
        {
            ArrayValue = new [] {value};
        }
    }
}

Insira uma linha em branco:

  • After a list of using statements.

  • Entre o método, propriedades e declarações de tipo interno.

  • No final de cada arquivo.

Declarações de campos e constantes podem ser agrupadas de acordo com a relevância. Nesse caso, considere inserir uma linha em branco entre os grupos para facilitar a leitura.

Evite inserir uma linha em branco:

  • After {, the opening brace.

  • Before }, the closing brace.

  • After a comment block or a single-line comment.

  • Adjacente a outra linha em branco.

using System;
using Godot;
                                          // Blank line after `using` list.
public class MyClass
{                                         // No blank line after `{`.
    public enum MyEnum
    {
        Value,
        AnotherValue                      // No blank line before `}`.
    }
                                          // Blank line around inner types.
    public const int SomeConstant = 1;
    public const int AnotherConstant = 2;

    private Vector3 _x;                  // Related constants or fields can be
    private Vector3 _y;                  // grouped together.

    private float _width;
    private float _height;

    public int MyProperty { get; set; }
                                          // Blank line around properties.
    public void MyMethod()
    {
        // Some comment.
        AnotherMethod();                  // No blank line after a comment.
    }
                                          // Blank line around methods.
    public void AnotherMethod()
    {
    }
}

Using spaces

Insira um espaço:

  • Em torno de um operador binário e ternário.

  • Between an opening parenthesis and if, for, foreach, catch, while, lock or using keywords.

  • Antes e dentro de um bloco de acessador de linha única.

  • Entre os acessadores em um bloco de acessador de linha única.

  • Depois de uma vírgula que não está no fim de uma linha.

  • After a semicolon in a for statement.

  • After a colon in a single line case statement.

  • Em torno de dois pontos em uma declaração de tipo.

  • Em torno de uma seta lambda.

  • After a single-line comment symbol (//), and before it if used at the end of a line.

Não use um espaço:

  • After type cast parentheses.

  • Dentro de chaves de inicialização de linha única.

The following example shows a proper use of spaces, according to some of the above mentioned conventions:

public class MyClass<A, B> : Parent<A, B>
{
    public float MyProperty { get; set; }

    public float AnotherProperty
    {
        get { return MyProperty; }
    }

    public void MyMethod()
    {
        int[] values = {1, 2, 3, 4}; // No space within initializer brackets.
        int sum = 0;

        // Single line comment.
        for (int i = 0; i < values.Length; i++)
        {
            switch (i)
            {
                case 3: return;
                default:
                    sum += i > 2 ? 0 : 1;
                    break;
            }
        }

        i += (int)MyProperty; // No space after a type cast.
    }
}

Convenções de nomes

Use PascalCase for all namespaces, type names and member level identifiers (i.e. methods, properties, constants, events), except for private fields:

namespace ExampleProject
{
    public class PlayerCharacter
    {
        public const float DefaultSpeed = 10f;

        public float CurrentSpeed { get; set; }

        protected int HitPoints;

        private void CalculateWeaponDamage()
        {
        }
    }
}

Use camelCase for all other identifiers (i.e. local variables, method arguments), and use an underscore (_) as a prefix for private fields (but not for methods or properties, as explained above):

private Vector3 _aimingAt; // Use a `_` prefix for private fields.

private void Attack(float attackStrength)
{
    Enemy targetFound = FindTarget(_aimingAt);

    targetFound?.Hit(attackStrength);
}

There's an exception with acronyms which consist of two letters, like UI, which should be written in uppercase letters where PascalCase would be expected, and in lowercase letters otherwise.

Note that id is not an acronym, so it should be treated as a normal identifier:

public string Id { get; }

public UIManager UI
{
    get { return uiManager; }
}

It is generally discouraged to use a type name as a prefix of an identifier, like string strText or float fPower, for example. An exception is made, however, for interfaces, which should, in fact, have an uppercase letter I prefixed to their names, like IInventoryHolder or IDamageable.

Por último, considere a escolha de nomes descritivos e não tente encurtá-los demais se isso afetar a legibilidade.

Por exemplo, se você quiser escrever um código para encontrar um inimigo próximo e acertar com uma arma, prefira:

FindNearbyEnemy()?.Damage(weaponDamage);

Ao invés de:

FindNode()?.Change(wpnDmg);

Variáveis de membro

Não declare variáveis de membro se elas forem usadas apenas localmente em um método, pois torna o código mais difícil de seguir. Em vez disso, declare-as como variáveis locais no corpo do método.

Variáveis locais

Declare variáveis locais o mais pŕoximo possível de seu primeiro uso. Isto torna mais fácil seguir o código, sem ter que rolar muito para encontrar onde a variável foi declarada.

Implicitly typed local variables

Consider using implicitly typing (var) for declaration of a local variable, but do so only when the type is evident from the right side of the assignment:

// You can use `var` for these cases:

var direction = new Vector2(1, 0);

var value = (int)speed;

var text = "Some value";

for (var i = 0; i < 10; i++)
{
}

// But not for these:

var value = GetValue();

var velocity = direction * 1.5;

// It's generally a better idea to use explicit typing for numeric values, especially with
// the existence of the `real_t` alias in Godot, which can either be double or float
// depending on the build configuration.

var value = 1.5;

Other considerations

  • Use modificadores de acesso explícito.

  • Use propriedades em vez de campos não privados.

  • Use modifiers in this order: public/protected/private/internal/virtual/override/abstract/new/static/readonly.

  • Avoid using fully-qualified names or this. prefix for members when it's not necessary.

  • Remove unused using statements and unnecessary parentheses.

  • Consider omitting the default initial value for a type.

  • Considere usar operadores condicionais nulos ou digite inicializadores para tornar o código mais compacto.

  • Use uma conversão segura quando houver a possibilidade de o valor ser um tipo diferente e use a conversão direta caso contrário.